França pede ajuda militar a sócios da União Europeia em ações no exterio

A França pediu nesta terça-feira (17) ao sócios da União Europeia (UE) “ajuda” na luta contra o grupo Estado Islâmico (EI) no Iraque e na Síria, assim como uma “participação militar maior” nas operações do país no exterior, fundamentalmente na África. O pedido ocorre após os atentados terroristas reivindicados pelo EI que deixaram 129 mortos em Paris.

A UE expressou um apoio “unânime” ao pedido de ajuda militar, indicou a chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini.

“A França pediu ajuda e assistência. A UE, pela voz de todos os Estados membros, expressou de forma unânime seu total apoio” a esse pedido, garantiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *